envelope-oenvelopebookscartsearchmenu

Anche il Vega Clube, di Lisbona, ha ormai venticinque anni. Riportiamo la lettera inviata dal Prelato dell'Opus Dei per la ricorrenza.


Roma, 2 de Abril de 1988

Queridíssimo José Manuel: que Jesus me guarde os meus filhos do Vega Clube!

Deu-me muita alegria ler a carta que me escreveste para me comunicar das Bodas de Prata do Vega, e desejo que saibais que estou especialmente unido convosco na vossa acção de graças a Deus pelas bençãos que derramou sobre esse Clube durante estes vinte e cinco anos.

Procurando seguir os ensinamentos e o espírito do nosso santo Fundador, empenhais-vos em servir os jovens com generosidade, sem regatear esforços, para lhes dar uma sólida formação humana e espiritual. Deus tem concedido abundantes frutos ao vosso trabalho, e agora muitos dos antigos sócios, sendo já pessoas maduras, contribuem para construir, sobre bases cristãs, a sociedade do vosso país, no qual a fé tem raízes tão profundas.

Peço a Nossa Senhora de Fátima que vos alcance graças abundantes da Santíssima Trindade, para que a nova etapa que começais seja ainda mais frutífera que a precedente. Rogo-vos que rezeis pelas intenções da minha Missa e por mim.
Aos que trabalhais no Vega Clube, aos sócios, antigos e actuais, e às famílias de todos, vos abençoa afectuosamente,

vuestro in Domino

Alvaro


Romana, Nº 6, Gennaio-Giugno 1988, p. 110-111.